sábado, 24 de janeiro de 2015

BOOM!

Já falei aqui sobre o meu site, certo? Foi há pouco mais de um ano, quando ele completava 5 anos de internet!

Recentemente ele quase saiu do ar e isso por dois motivos: o primeiro é que aconteceu de o servidor onde ficavam hospedados os arquivos pra download simplesmente sumiu com todos os arquivos, me obrigando a republicar todo o acervo em algum outro lugar, que até então eu não sabia onde poderia ser. O segundo motivo foi que de outubro à dezembro estive viajando tanto a trabalho que praticamente não tive tempo para cuidar do site e isso me desanimou um pouco.

Então passou a virada do ano, a página de downloads teve que ficar um período indisponível aos visitantes, passou o 6º aniversário do site e... Quase no fim desse mês encontrei o que parecia ser a solução em relação a hospedagem do acervo. Republiquei tudo, refiz links e de quebra ainda acrescentei 10 textos novos (e de responsa) pra compensar os dias de ausência dos arquivos.

Também tive uma ideia bem bacana para divulgar espetáculos com apresentação em Sampa (que estão mais ao meu alcance) em troca de divulgação do próprio site... Parece promissor! Aguardo ansiosamente os primeiros contatos de grupos interessados! hehe

Quanto àquele desânimo... Ah, não dá pra ficar desanimada por muito tempo! Curto demais a ideia do meu site e a manutenção dele chega a ser uma terapia pra mim. E tempo pra cuidar a gente arruma! 

Mas qualquer vestígio de baixo astral realmente desapareceu quando percebi o número de curtidas na fanpage do site no Facebook aumentar vertiginosamente chegando a quase 2.000 hoje! WOW! Que boom!

Sou uma mãe coruja, sim! E tô muito feliz em saber que meu site é útil para os apaixonados por teatro como eu, é bom saber que o site está crescendo, ganhando espaço e ajudando a divulgar essa arte de tantas maneiras diferentes.

Só quero agradecer e dizer que farei o possível para que o site continue no ar por mais, 6 ou 60 anos!

www.desvendandoteatro.com
Merda e Evoé!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Ator Empresa

Como disse na postagem anterior, estou mexendo os pauzinhos para enfim me regularizar, correndo atrás de buRRocracias que eles pensam separar o joio do trigo. Embora todos saibamos que não é bem assim que funciona, pois há tantos registros de profissionais sem profissionalismo quanto bons e verdadeiros profissionais sem registro espalhados por aí. 

Graças à alguns poucos apoios sérios à arte, hoje em dia se faz necessário aos artistas não somente o nosso velho conhecido DRT, mas também um CNPJ. Um ator deve se tornar um pequeno empresário de si mesmo, seu nome artístico se torna também um nome fantasia de sua micro empresa individual.


Pois bem, estava eu dando uma olhada na lista de ocupações permitidas para MEI e não foi difícil perceber como são poucas as funções na área de arte e cultura que estavam elencadas. Inclusive, a falta da ocupação "ator" fica muito evidente! Foi então que na dúvida enviei um e-mail ao Portal de Empreendedor e sem surpresa recebi uma resposta automática que não responde de fato. Mas ao conversar com colegas de profissão consegui confirmar minha desconfiança...

Um ator que deseja formalizar-se deve se cadastrar como "Humorista/ Contador de Histórias" (e dentro disso está incluso tudo o que se refere à produção teatral). Mas caramba, há a função de Humorista e não a de Ator? Pois é! O SEBRAE diz que "ator não pode porque é sindicalizado", mas epa! Espera um pouco! Existe sim o SATED, mas um ator não precisa necessariamente se vincular à ele! 
Aí vem a regra do MEI que diz em seu Portal do Empreendedor: “O Empreendedor Individual é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário”; e ainda “que NÃO é permitido é que o vínculo empregatício (emprego com carteira assinada) seja substituído pela condição de EI”. Aaaaah, ok ok! Mas atenção, a grande maioria dos atores são considerados autônomos, freelancers e NÃO TEM CARTEIRA ASSINADA! 

Bom, entre tantas definições, informações e opiniões dúbias só o que eu realmente questiono é porque um ator deve emitir nota como Humorista se a categoria descrita inclui "produção teatral" como um todo? Não seria mais justa então criar a categoria "Produção teatral" propriamente dita? Afinal de contas, há a função Maquiador na lista, por exemplo, e a incidência dos profissionais da área que são registrados em carteira é muito maior do que os atores.

Mas é o que temos pra hoje, caros colegas! Talvez um dia se toquem, talvez não! Por hora, queria apenas tentar explicar o que o site não me explicou ao responder meu e-mail e deixar claro para os atores que procuram se formalizar que ao cadastrar como Micro Empreendedor Individual, devem selecionar a função "Humorista/ Contador de Histórias" como ocupação principal e emitir notas assim para seu trabalho de ator interpretando Tennessee Williams ou Shakespeare.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Preparados? Largar!

E comeeeeeeeeeeeeeçaaaaaaaaaaaaaaaa a corrida da burocracia!!!!!!!

Não curto "papelada", mas é fato que elas podem abrir portas e novas oportunidades. Sendo assim, essa semana estou começando a correr atrás da minha regularização profissional.

Hora de lidar com siglas... DRT, MTE, SATED, MEI, CNAE,... PQP! Haja! Mas vamos lá, coragem!

Mas não é só a corrida do burocracia que tá começando pra mim não. Tô começando a correria pra tudo, a corrida do ano novo, a pressa pra fazer 2015 ser "O" ano!

Estou tirando as metas do papel, estou dando início aos projetos, tô fazendo acontecer! Espero ter novidades em breve, boas notícias pra postar por aqui!

Me desejem boa sorte! Ou melhor, me digam MERDA!