sábado, 4 de abril de 2015

Para crianças

Há quem menospreze o teatro infantil. Na minha humilde opinião, ator que diminui um ou mais gêneros teatrais é, no mínimo, um medroso! É natural que sintamos afinidade com um determinado gênero, mas isso não é motivo para depreciar outros. Afinal, um bom ator faz de tudo... Da comédia à tragédia com o mesmo profissionalismo e entrega de corpo e alma.

Quem esnoba o teatro para crianças só tem a perder, pois esse é, simplesmente, o público mais sincero, crítico e disciplinador para um ator. Aquele ator que subestima o público infantil deve ser um adulto frustrado, que não teve infância e não entende a importância da cultura na formação de um caráter! 

Se o teatro tem a função de divertir, ensinar, documentar e instruir, nada mais justo do que provocar o gosto por essa arte ainda na infância. Se hoje tantos reclamam da falta de educação do público adulto, talvez isso se deva à falta de incentivo durante a infância desse público.

Eu já disse aqui e repito que acredito que um ator nunca para de aprender. Evoluímos a cada ensaio, apresentação e gênero trabalhado. Acredito também que nenhum gênero deva ser desprestigiado, muito menos o infantil que nos proporciona um jogo de cintura em cena como nenhum outro.

Pois bem, na última semana tive mais uma vez o prazer de trabalhar para esse público tão delicado. E não vou mentir, cometi erros! E acho isso ótimo, pois é errando que se aprende! A vida resume-se em errar para consertar, fazer melhor pra poder cometer novos erros e assim melhorar sempre num ciclo sem fim!

"Vida Saudável - As Aventuras da Coelhinha Xang-Bom". Foi uma montagem de páscoa... Sim, com todo o calor inerente do nosso país potencializado por figurinos de pelúcia, mas TUDO VALEU MUITO A PENA! Não existe nada mais gostoso do que ver o sorriso no rosto de uma criança, sentir o quanto estão curtindo, se divertindo, se encantando e aprendendo. E quando a companhia é boa, tudo fica ainda mais fácil e divertido. 
























Obrigada meus companheiros de cena, obrigada CIAVIP por esse lindo trabalho. Continuemos levando o teatro onde o público está, levando arte pra que todos possam apreciar, levando cultura para todos!

Agradeço ao Pai Maior por me presentear com essa dádiva. Por me permitir levar arte e educação à esses pequenos, por me proporcionar a graça de encantar. Por me agraciar com o dom de atuar!

E àqueles que não curtem trabalhar com e para crianças... Não sabem o que estão perdendo!